Custo de vida em Dublin

21 de Fevereiro de 2017 10 minutos para ler

Este é um dos tópicos que mais pesquisamos antes de nos mudarmos para cá. Conhecemos muito bem nossos custos mensais no Brasil, então fica fácil avaliar se o salário será suficiente para os custos mensais e, é claro, um extra para lazer e economias. Agora quando se trata de um país novo, será que vamos conseguir viver bem com determinado salário?

Pensando nisto descrevemos abaixo os principais custos e quanto você irá gastar em média. Vale a pena reforçar que estes valores refletem um padrão de vida médio de um casal, o que pode ser diferente do seu caso.

Despesa Sozinho Compartilhado
Aluguel €1500 €800
Energia €60 €40
Gás €60 €40
Telefonia Móvel €40 €40
Banda Larga €50 €25
Água €0 €0
Taxa de Lixo €30 €20
Licença de Televisão €13 €6
Transporte €100 €100
Mercado e Alimentação €320 €320
Bônus: Poder de Compra    
Total ~ €2200 ~ €1400

Aluguel

O primeiro ponto é que o valor do aluguel depende da localização da residência, quanto mais perto do centro, mais caro o aluguel será. Para um apartamento de 1 quarto ou flat, você vai encontrar os imóveis na faixa de €1200 à €1500. É claro que sempre há excessões, mas em média é este o valor. Com 2 ou mais quartos, pode contar por um valor bem maior que este, muitos passando de €2000.

Saindo um pouco do centro e indo em direção aos bairros, os preços já melhoram um pouco, mas continuam caro. Também se torna mais difícil encontrar residências/apartamentos com um quarto, pois como vai se tornando uma área mais residência do que comercial, os imóveis são maiores e normalmente possuem dois quartos. Os alugueis vão variar na faixa de €1400 à €1800, mas desta vez com dois quartos.

A opção mais econômica é sempre dividir o aluguel com outra pessoa ou casal. Alugando um imóvel com dois quartos você tem condições de reduzir pela metade os casos com energia, gás, banda larga e é claro, o aluguel.

Então esta é a minha recomendação para quem está chegando e quer economizar uma boa grana. Além de economizar, você também terá companhia todos os dias. Neste custo vai ficar em torno de €700 à €900, dependendo do lugar.

Sem contar que dividindo uma casa você pula toda a burocracia e dor de cabeça de procurar e alugar uma residência. Sim, alugar uma casa aqui não é fácil, a procura é muito grande e são poucas residências, sendo assim os proprietários dos imóveis aproveitam para fazer diversas exigências como um bom emprego e referências anteriores.

Energia

A energia aqui de casa é pré-paga e funciona da seguinte maneira. Nós compramos créditos através de um aplicativo para celular, depois de aprovado a gente recebe um PIN. Este PIN deve ser digitado em um equipamento da companhia elétrica que temos aqui em casa. Após inserido o valor, os créditos do equipamento são atualizados e nós temos energia por mais alguns dias. Conforme vamos usando, os créditos vão diminuindo até que tenhamos que fazer uma nova recarga. É exatamente igual à celular pré-pago. Se é mais barato ou mais caro do que uma conta de energia comum eu não sei, mas por enquanto preferimos deixar assim, até porque não é muito caro.

Nossa conta gira em torno de €40 por mês. Este site fez uma pesquisa da média nacional aqui na Irlanda em relação à consumo de energia e gás. Fazendo as contas é possível ver que nosso gasto está de acordo com a média.

Dependendo da residência, você poderá até escolher qual a companhia que te irá oferecer o serviço, mas o preço não irá ser muito diferente.

Gás

O gás é utilizado para aquecimento do boiler e os aquecedores, onde aliás, todo cômodo tem um, inclusive os banheiros. Aqui em casa ligamos estes equipamentos são ligados duas vezes ao dia, uma pela manhã e outro à noite.

Nosso gasto mensal com gás é de €40 para quatro pessoas, porém a conta só vem a cada dois meses.

Telefonia Móvel

Existem planos de telefonia pré-paga em todas as operadoras, sendo as mais famosas a Three, Vodafone e Eir. O custo e qualidade de cada uma delas é muito semelhante, mas considere em média €20 por mês para ter pelo menos 5GB de dados e alguns minutos de telefone. Você pode evitar gastar mais do que isto trocando o uso de ligações telefônicas no celular por ligações pelo Skype ou WhatsApp, pois estes aplicativos consomem seu plano de dados e não os minutos.

Banda Larga

Assim como a telefonia móvel, os grandes fornecedores são bastante semelhantes em relação ao custo e velocidade. Coloque na conta uma média de €50 por mês para ter uma banda larga de pelo menos 100Mbps. Esta é a velocidade padrão aqui da Irlanda, bem diferente do Brasil, não é?

Água

Existe bastante discussão em torno deste tópico aqui na Irlanda. A água sempre foi de graça,(preço já incluso em uma taxa anual, o que eles dizem é que não querem pagar 2x) mas de um tempo para cá o governo vem tentando inserir uma taxa básica no consumo de água. Até onde consegui entender até o momento, a população não concorda com a cobrança desta taxa e por eles simplesmente não pagam. Por enquanto não veio nenhuma conta, então considere €0 por mês. Go get your beer!

Taxa de Lixo

Assim como a energia, talvez você possa escolher qual empresa irá recolher seu lixo. Digo talvez, pois se for um condomínio, não terá outra opção a não ser usar a mesma companhia de todo o condomínio.

O pagamento é mensal e vai depender da quantidade de latões de lixo que você enche. Considere €20 por mês, porém algumas residências contam com taxa de lixo incluso, principalmente se for condomínio onde os latões de lixo são compartilhados e consequentemente mais barato.

Licença de Televisão

Você tem uma ou mais televisões em casa? Se sim, prepare-se para pagar uma taxa anual para cada televisão. E olha que não é tão barato não, o custo anual é de €160 por equipamento.

Uma dica para quem usa a televisão somente para assistir Netflix ou jogar vídeo game é comprar um simples monitor. Os únicos equipamentos que contam na licença de televisão são os que possuem receptor de sinal, como monitores não possuem esta função, não há necessidade de pagar a taxa.

Existe também o jeitinho brasileiro de burlar esta taxa, mas vou deixar isto entre você e o Google, não conheço a veracidade da informação e não quero influenciar ninguém :)

Transporte

Se forem usar transporte público, a primeira coisa que você deve fazer é um Leap Card (https://www.leapcard.ie). Este cartão te permite utilizar qualquer modo de transporte público com um desconto. Considerando que você pegue um ônibus todo dia para ir e outro para voltar, o custo diário será de no máximo € 5,20. Digo no máximo, pois a cobrança é feito com base onde você irá descer, então dependendo da distância é possível pagar um valor menor.

Por mês o valor total será de mais ou menos €100. Existem outras formas de transporte públic, como o DART e o LUAS, mas o valor mensal vai ficar por volta disto também.

Outra opção super econômica para quem não mora muito longe do trabalho é comprar uma bicicleta e pedalar todos os dias. As vezes clima não ajuda muito, aí você terá que usar roupa de chuva ou ir de ônibus. Mas mesmo assim a economia mensal será bem grande, sem contar que dependendo do lugar pode ser até mais rápido que o ônibus.

Para quem pensa em comprar uma bicicleta, as melhores opções são aproveitar o Cycle to Work que concede isenção de imposto em bicicletas usadas para ir ao trabalho ou então uma usada no Adverts.ie.

Mercado e Alimentação

Assim como em qualquer outro lugar, comer fora é caro, muito caro. Então a recomendação é sempre comprar o máximo possível nos supermercados e evitar comer fora.

Existem pesquisas indicando que um casal vivendo em Dublin gasta em média €50 por semana. Considerando que o custo de almoçar e jantar fora é relativamente alto, nos optamos por gastar um pouco mais no mercado e cozinhar em casa sempre que possível, levando comida e frutas para o trabalho ao invés de comer em restaurantes.

Se este for seu plano também, considere um custo semanal de mais ou menos €80 para ter uma boa variedade de alimentos, frutas e, é claro, material de limpeza.

Aqui vão algumas dicas para economizar um pouco na hora de fazer compras no mercado:

  1. Procure pelos produtos com a marca do supermercado, por exemplo o Tesco, uma das maiores e mais baratas redes de supermercado daqui, possui produtos de marca própria como arroz, macarrão, carne, molhos, presunto, queijo, pão e mais uma dezena de outros
  2. Existem bastante promoções assim onde você compra 3 e paga 2, ou então promoções onde você leva 2 e ganha um desconto. Fique de olho, dependendo da validade dos produtos vale a pela levar um pouco mais agora é economizar na próxima semana
  3. Lugares como Dealz costumam ter produtos de limpeza e higiene por um valor menor que em supermercados
  4. Se você mora na região central as feiras são uma ótima opção para economizar nas frutas e legumes
  5. Tenha sempre uma moeda de 1 euro para desbloquear o carrinho do supermercado. Mas fique tranquilo, você recebe a moeda de volta quando devolver o carrinho
  6. Leve sua própria sacola porque aqui não existe sacola plástica descartável

Bônus: Poder de Compra

Apesar de não estar diretamente ligado com custos de vida, acho que vale a pena comentar sobre o poder de compra na Europa comparado com o Brasil.

A moeda europeia vale muito mais que o Real, então é de se esperar que os produtos em geral aqui sejam mais baratos, seja roupa, brinquedo, eletrônicos ou automóveis. Porém muitas vezes nos deparamos com um produto que, quando convertemos seu preço para o Real (não faça isto, sério, mas eu sei que você irá fazer…), o preço chega a ser quase igual ao do Brasil.

Isto não quer dizer que o produto está caro, longe disto. A diferença está no salário mínimo (e médio) da Europa. Imagina que um trabalhador no Brasil consegue economizar R$ 500. O que ele consegue fazer com isto? Não muito, certo? Agora é se você economiza €500, já pensou em tudo o que é possível fazer com esta quantia? A diferença do salário é ENORME e isto, é claro, faz com que o poder de compra seja maior.

Este post faz parte da série Do Brasil para a Irlanda.